Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Galeria de imagens > CDTN > Notícias > Newsletter > O programa Atalanta garante a qualidade da mamografia em Minas
Início do conteúdo da página

O programa Atalanta garante a qualidade da mamografia em Minas

Todos os estudos científicos com base em ensaios clínicos controlados demonstram que o aumento na detecção do câncer de mama em estágios iniciais permite uma redução direta e significativa da taxa de mortalidade provocada por essa doença. Entre os benefícios desta identificação precoce da doença está a possibilidade de um tratamento menos agressivo e que resulte em cura. Dentro das diversas ações desenvolvidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), no estudo Estimativa 2018: A Incidência do Câncer no Brasil, apresentado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), do Ministério da Saúde, o principal método para esse rastreamento é o adequado e eficiente exame de mamografia realizado em equipamentos de raios-X.

Atalanta Imagens de teste aNo mesmo estudo, confirmando publicação das “Diretrizes para a Detecção Precoce do Câncer de Mama no Brasil”, do INCA, de 2015, a recomendação é de que mulheres entre 50 e 69 anos façam uma mamografia a cada dois anos. Essa rotina é adotada na maior parte dos países que implantaram o rastreamento do câncer de mama e teve impacto na redução da mortalidade provocada por essa doença. O rastreamento deve ser feito nessas mulheres, independentemente de suspeitas e sintomas. Já o diagnóstico precoce dessa doença está inserido em um tripé que inclui uma população alerta para os sinais e sintomas suspeitos, profissionais de saúde capacitados para avaliar essas suspeições e sistemas de serviços de saúde preparados para garantir a confirmação diagnóstica oportuna e com qualidade.

Esses estudos reforçam que, para um rastreamento efetivo, além da correta análise médica dos exames, é necessário também que sejam consideradoAtalanta olho 001 as os fatores técnicos na produção da imagem mamográfica. Dentre esses fatores estão a qualidade e o desempenho dos equipamentos. E para que um serviço de mamografia apresente uma boa qualidade da imagem com doses de radiação otimizadas deve ser constituído e implementado o Programa de Garantia da Qualidade (PGQ).

É com esta perspectiva que informamos aqui sobre duas das grandes contribuições do Centro de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear (CDTN) para com a sociedade: a estruturação do Laboratório de Radioproteção Aplicada à Mamografia (LARAM), base para o programa ATALANTA.

Um programa de monitoramenAtalanta tela do computador ato da qualidade da imagem mamográfica, que pode ser consultado facilmente pela Internet e que realiza, por meio de um objeto de teste, a verificação da qualidade dos equipamentos de mamografia instalados em serviços de saúde, como clínicas, consultórios, hospitais e laboratórios do estado de Minas Gerais. Esses serviços são previamente cadastrados no Programa Estadual de Controle de Qualidade em Mamografia (PECQMamo), que realiza avaliação técnica das imagens enviadas, e a relação dos serviços aprovados é disponibilizada para consulta de toda a população por meio do site atalanta.cdtn.br.

Veja onde começa a verificação da qualidade da mamografia 

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. - jornalista

 

registrado em: ,,
Fim do conteúdo da página